Demolições/Reciclagem de Materiais demo

Os resíduos resultantes das demolições (não poluentes) permitiram adotar localmente, no Parque das Nações, mecanismos de reciclagem simples que levassem os empreiteiros a absorver os resíduos da demolição, reutilizando-os como matéria-prima nas futuras obras de construção, evitando a exploração de locais de empréstimo de materiais com as consequências ambientais daí advenientes.

Para o efeito foi instalado no Parque das Nações um sistema de reciclagem de grande capacidade, que serviu para processar os materiais resultantes das ações de demolição. Este processo de reciclagem envolveu cerca de 812 000 toneladas de materiais de betão, acrescidos de todas as alvenarias de tijolo, blocos ou pedra num montante de 190 000 toneladas e os pavimentos de betão e betuminosos com um total de 60 000 toneladas.

A quantidade de aço resultante da separação de betão rondou as 5 000 toneladas que foram levadas à fundição para transformação adequada. Os materiais ferrosos, e outros cuja reciclagem não foi possível na instalação existente no Parque das Nações foram processados em unidades exteriores.

Bookmaker with best odds http://bbetting.co.uk review site.