Exposições

Por iniciativa de algumas empresas e instituições, a EXPO’98 contou com quatro exposições de caráter permanente.

As Conchas e o Homem

As Conchas e o Homem

A participação da Shell Portuguesa na EXPO ’98 incluiu uma exposição dedicada ao tema das conchas, promovida com o objetivo de mostrar ao público aspetos relevantes dos moluscos e da sua relação com o homem. A apresentação das conchas foi completada pela exibição de um vídeo onde era privilegiada a relação das conchas com o homem, quer como fonte de inspiração artística, quer como símbolo religioso ou moeda de troca. Também a contribuição dos cientistas portugueses no campo da malacologia foi focada nesta exposição, que esteve patente ao público no Edifício de Apoio da Área Internacional Norte. Para a realização desta exposição, a Shell contou com o apoio científico do Centro Português de Atividades Subaquáticas, através do Departamento de Malacologia, dirigido pela Dra. Maria Cândida Macedo, de cuja colecão pessoal proveio a quase totalidade das conchas que estiveram expostas.

Caminhos da Porcelana

Caminhos de Prcelana

Nesta exposição promovida pela Fundação Oriente, estiveram expostas porcelanas chinesas que vieram para Portugal entre o séc. XVI e o séc. XX. A exposição "Caminhos da Porcelana" reportou-se à viagem destas peças entre o Extremo Oriente e as cortes europeias, os salões nobres ou as casas dos burgueses endinheirados. Para a realização da exposição, que estava localizada no Pavilhão de Exposições, recorreu-se a exemplares da Fundação Oriente e a coleções particulares, generosamente emprestadas pelos proprietários.

Mundo Coca-Cola

Mundo Coca-Cola

Esta exposição, que podia ser visitada no Edifício de Apoio da Área Internacional Norte, englobou 40 esculturas, de 1 a 3 metros de altura, concebidas por artistas de vários países e inspiradas na conhecida forma Contour das garrafas Coca-Cola. Portugal marcou presença com uma garrafa de 2 m de altura, inspirada nos azulejos tradicionais e reunindo 450 motivos diferentes, criada por um grupo de finalistas do curso de Design da Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa. Na EXPO'98 alguns países apresentaram pela primeira vez as suas garrafas, como foi o caso da Suíça, Finlândia, Venezuela e Polónia.

Leonardo Da Vinci@expo98 - La Dinamica Dell' Acqua

Leonardo Da Vinci@expo98 - La Dinamica Dell' Acqua

Uma obra única foi dada a conhecer ao público pela MICROSOFT, Patrocinadora e Marca Oficial da EXPO'98, nesta exposição que esteve patente no Pavilhão de Exposições: o Códice de Leicester, um dos livros de apontamentos de Leonardo Da Vinci, cientista, artista e filósofo italiano do séc. XVI. O Códice terá sido escrito entre 1506 e 1510, depois de Da Vinci, na altura com cerca de 50 anos de idade, ter pintado o seu famoso quadro "Mona Lisa". Os apontamentos versam temas como o estudo da água, da luz e da gravidade. Depois da morte do autor, o Códice esteve desaparecido, tendo sido encontrado em 1960 pelo pintor Giuseppe Ghezzi, na arca de um escultor milanês. Em 1717 foi vendido ao Conde de Leicester, tendo permanecido na posse desta casa nobre até 1980. Antes de ter sido adquirido por Bill Gates, em 1994, fora adquirido pelo magnata do petróleo Armand Hammer.

Bookmaker with best odds http://bbetting.co.uk review site.